Porque não investir mais de 20% da sua poupança em Bitcoin?

Você provavelmente já notou o incrível desempenho do bitcoin e das criptomoedas em 2017. Mesmo assim, eu gostaria de alertar sobre os riscos desse investimento. Apresento três pontos principais a serem considerados se quiser investir no bitcoin e outras criptomoedas.

A volatilidade

Volatilidade é o termo para dizer que o preço de um investimento aumenta ou diminui consideravelmente.

Isso acontece muito com ações de baixo valor (alguns centavos): é mais fácil ver uma ação oscilar de 30 a 60 centavos do que passar de 30 a R$ 60.

Quando falamos de criptomoedas e bitcoin, é outra história: o valor do bitcoin aumentou em mais de 1000% no espaço de 12 meses. Você bem pode imaginar que este aumento é realmente excepcional e que, portanto, não devemos tomá-lo como certo.

Muitas pessoas pensam que se o bitcoin aumentou tanto, necessariamente aumentará da mesma maneira, ou até mais, nos próximos anos. No entanto, esse raciocínio é totalmente absurdo: o desempenho passado do bitcoin não é uma prova do seu desempenho no futuro.

Ainda que nós, pessoalmente, pensamos que é um investimento com potencial muito elevado, continuamos lúcidos quanto às possíveis decepções que ele pode trazer. Um investimento volátil é, por definição, uma aplicação arriscada; portanto, não invista uma quantia que possa lhe criar dificuldades. É por esse motivo que recomendamos não investir mais de 20% de suas economias em bitcoin e criptomoedas.

Se você tem alma de jogador e quer correr mais riscos, a escolha é sua, e você deve assumir total responsabilidade.

A volatilidade é um elemento que causa emoções muito fortes, e muitas vezes ocorre o fenômeno de “mood lift” (elevação emocional).

Você investe e vê seu retorno de investimento em questão de meses, acha que essa situação vai durar e investe novamente. No entanto, é exatamente naquele momento que os preços caem acentuadamente e que você regressa ao ponto de partida.

Consequentemente, você pode ir de euforia a depressão em apenas alguns dias, e por isso a volatilidade é um elemento essencial a levar em consideração ao começar um novo investimento.

A mídia convencional (grande mídia)

A grande mídia tem um forte poder de influência sobre todos os espectadores. Mesmo que você esteja ciente de que a mídia costuma fazer propaganda ou manipular o público, ao assistir, você também será sujeito a esta influência, queira ou não. Por isso, melhor não assistir mais à TV, porque, de qualquer maneira, quando um evento muito importante acontece, a notícia chega até você.

Como a mídia está lidando com bitcoin e criptomoedas? Ela simplesmente mostra o que quer que as pessoas vejam.

Há três anos, o bitcoin e as criptomoedas eram considerados investimentos usados apenas por terroristas e pessoas que fazem lavagem de dinheiro; como resultado, a grande mídia não parou de transmitir artigos ou mensagens neste sentido. Se você investia nesta área, era necessariamente uma pessoa mal-intencionada, e sobretudo perigosa. Aliás, é por isso que nesta época, a mídia preferiu falar sobre a tecnologia Blockchain, e não diretamente sobre Bitcoin.

Hoje, uma vez que o Bitcoin vem se tornando um verdadeiro ativo financeiro, a mídia não pode mais negar seu potencial e é forçada a acompanhar o movimento.

Durante o ano de 2017, a mídia afirmou com muita certeza que o Bitcoin estava em uma bolha prestes a estourar: uma bolha parecida com as bolhas da Internet, do subprime, das tulipas e todas as outras que ocorreram.

Assim, se você seguir a grande mídia, pode pensar que já é tarde demais para este tipo de investimento, mesmo que em algum lugar da sua cabeça você acredite que ainda existe um potencial.

Eis uma frase que eu gosto muito: “o relato escreve a história”. Significa que quanto mais você repetir, sem parar, que uma coisa vai acontecer, maior é a probabilidade de ela acontecer de fato.

É por isso que, se você investir todo o seu dinheiro em Bitcoin, poderá se encontrar em dificuldades financeiras. Porque quando começa uma febre em uma área de investimento, as pessoas que entraram primeiro geralmente recuperam os seus ganhos, deixando apenas migalhas para os investidores que chegaram depois.

A sua psicologia em relação ao dinheiro

Como você sabe, o dinheiro tem um poder sobre nós que muitas vezes é insuspeito. Às vezes, quando se precisa de dinheiro, a impressão que se tem é que o dinheiro será a solução de todos os problemas.

No entanto, mesmo recebendo muito, percebemos que ainda temos problemas financeiros; é claro que não são os mesmos problemas de quando não temos o suficiente para viver adequadamente, mas ainda são problemas: onde aplicar o dinheiro para não perder tudo, lidar com o comportamento dos invejosos, ver seus amigos e familiares se comportando de maneira diferente, não saber se você é amado pelo que é ou pela sua conta bancária, etc.

São questões importantes porque podem afetar seriamente quem não estiver preparado. Podemos usar o exemplo de alguns jogadores de futebol ou artistas que foram ganhando quantias significativas de dinheiro muito rapidamente, e ficaram sem nada depois de terem desperdiçado tudo ou de serem enganados pelos seus agentes ou produtores.

Independente da sua situação financeira atual, você deve se fazer a seguinte pergunta: “como me sentirei se eu perder todo ou parte do meu investimento em criptomoedas? Será que vou apenas dizer, não importa, foi uma experiência e não foi das melhores”, ou “Estou revoltado e vou bater em quem me falou para investir nessa área.”?

É essencial que você tome o tempo para refletir sobre sua psicologia diante do dinheiro. Se você é uma pessoa que tende a gastar muito e que tem dificuldades em administrar suas finanças pessoais, aconselhamos que se afaste dessa área, pois como ressaltado nos parágrafos anteriores, você pode perder dinheiro muito rápido.

Não digamos isso para depreciar o bitcoin e as criptomoedas em geral, mas simplesmente para avisar que quando você entra em um campo que cresce fortemente e que parece simples, podem haver consequências inesperadas. O preço do bitcoin e das outras criptomoedas pode muito bem cair por 3 meses seguidos sem nenhum problema.

Sendo assim, você investe por exemplo em março de 2018, mas não tem certeza de obter ganhos de capital durante seus primeiros meses de investimentos. Essa situação aconteceu em 2014, quando os preços caíram quase o ano todo. No que nós dizemos a respeito, estamos confiantes de que o preço do bitcoin e das criptomoedas irão aumentar a longo prazo, mas estamos conscientes da possibilidade de isto não acontecer como esperado.

E você? Qual seria sua atitude de investidor em bitcoin e criptomoedas?

Agora que já conhece um pouco melhor o mercado das criptomoedas, siga o link abaixo e descubra com este conteúdo exclusivo todos os segredos do Bitcoin e como começar a criar rendimentos investindo em Bitcoin:

Ainda sem comentários

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.